quarta-feira, agosto 29, 2012

Entrevista de António Tapadinhas a Luís Carlos dos Santos no jornal "O RIO"


Cultura : Um Amigo que merece ser lido na entrevista de António Tapadinhas a Luís Carlos dos Santos no jornal "O RIO"

"Activista interessado como és no alargamento dos laços entre os países lusófonos, o que achas que falta fazer. O Acordo Ortográfico serviu para melhorar o relacionamento ou apenas para aumentar a confusão?Direi que sou um ativista interessado, mas não tanto como seria possível, por razões de um certo acomodamento, uma certa preguiça. A questão é a seguinte: como somos de Alhos Vedros tentamos ser cidadãos de corpo inteiro na comunidade a que pertencemos, da mesma forma que exercemos uma cidadania interessada por Portugal. Como também sentimos que a Língua Portuguesa é egrégora de mónada universal, cá estamos nós bolinando a favor, com todas as limitações que se nos reconhecem. E tudo vai sendo assim, o vento sopra e nós damos um jeito na vela. Um dia esse falado Império de amor e de serviço a que estamos fadados, virá.
O Acordo Ortográfico, com avanços e com recuos, é mais um passo no caminho certo. A confusão só existe se não se souberem fazer as coisas de maneira clara que é um pouco aquilo que os nossos dirigentes políticos estão a fazer. No fundo, estão a fazer não-fazendo, o que a mim não me perturba, porque me sinto bem nessa maneira taoista de ser. De maneira que a partir de 1 de Janeiro do próximo ano o Acordo entra definitivamente em vigor e tudo se normalizará com o tempo, com mais ou menos confusão."


Entrevista completa aqui:
http://www.orio.pt/modules/news/article.php?storyid=12035

2 comentários:

A.Tapadinhas disse...

AAG News em cima do acontecimento!

Abraço,
António

Mariana disse...

Sempre é bom ler entrevistas a pessoas que fazem tudo o possível por melhorar os laços entre países.
Agora pedi um delivery de comida e vou ler a entrevista completa.